07/04/2016

Poema #Sofrimento



Tantas vezes pensei,
Que podia acordar,
Acordar deste pesadelo,
Que me dá tanto medo.

Choro, Grito, Desespero,
E não há meio de por fim,
A este tormento.

Será que não vês,
Que estou a sofrer?
Vem acordar-me, tirar-me de vez,
deste sofrimento.

Está difícil seguir adiante,
A minha vontade é somente,
Sumir por um instante.

Longe daqui e de todos, 
deixa-me ir,
Só assim posso acreditar,
Que o melhor está para vir.

                                                                                        Ana Galhano

5 comentários:

  1. Maravilhosa poesia, no entanto, triste!
    Amei. Força

    Beijinhos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço! :) é verdade, por incrível que pareça escrevo melhor sobre tristeza do que felicidade.

      Eliminar
  2. Parabéns pelo poema, quando criança gostava de escrever poemas, mas acho que perdi o dom kk
    Beijos, seguindo o blog
    Filha do Rei | Larisse Design: Seu blog de carinha nova é aqui!

    ResponderEliminar
  3. Bonito poema Ana, enaltecendo uma grande paixão.
    beijinhos, Léah

    ResponderEliminar
  4. Lindo... Senti isso tudo quando era jovem.

    ResponderEliminar

Obrigado pelo teu comentário!
Em breve retribuirei no respetivo blog!