07/04/2016

Poema #Sofrimento



Tantas vezes pensei,
Que podia acordar,
Acordar deste pesadelo,
Que me dá tanto medo.

Choro, Grito, Desespero,
E não há meio de por fim,
A este tormento.

Será que não vês,
Que estou a sofrer?
Vem acordar-me, tirar-me de vez,
deste sofrimento.

Está difícil seguir adiante,
A minha vontade é somente,
Sumir por um instante.

Longe daqui e de todos, 
deixa-me ir,
Só assim posso acreditar,
Que o melhor está para vir.

                                                                                        Ana Galhano

5 comentários:

  1. Maravilhosa poesia, no entanto, triste!
    Amei. Força

    Beijinhos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço! :) é verdade, por incrível que pareça escrevo melhor sobre tristeza do que felicidade.

      Eliminar
  2. Parabéns pelo poema, quando criança gostava de escrever poemas, mas acho que perdi o dom kk
    Beijos, seguindo o blog
    Filha do Rei | Larisse Design: Seu blog de carinha nova é aqui!

    ResponderEliminar
  3. Bonito poema Ana, enaltecendo uma grande paixão.
    beijinhos, Léah

    ResponderEliminar
  4. Lindo... Senti isso tudo quando era jovem.

    ResponderEliminar

Obrigado pelo teu comentário!
Beijinhos Mágicos!